Stand interativo: o que é e por que investir em um

Por IOXtream 07/12/2023

Um stand interativo é uma forma de se conectar com os visitantes de um evento ou feira a partir de uma experiência imersiva. A ideia é se diferenciar dos outros stands ao construir formas inovadoras de exibir um produto ou apresentar uma marca.

Quantas vezes você foi para um evento ou uma feira e se deparou com um stand de uma marca em que, tirando as cores, a logo e os produtos anunciados, ele parecia o mesmo de várias outras no mesmo espaço? A diferenciação é essencial e, por isso, descobrir o que é um stand interativo pode ser importante.

Aproveitando o melhor da tecnologia, a sua empresa pode criar um espaço em que os usuários se beneficiam com uma experiência diferenciada e, ao mesmo tempo, os seus resultados tendem a ser muito melhores.

Continue a leitura e descubra mais sobre como utilizar o stand interativo na sua empresa!

O que é um stand interativo?

Um stand interativo é um espaço dinâmico e envolvente que você pode encontrar em feiras, exposições ou eventos. A ideia desse conceito é conseguir envolver o público que está no local a partir de ações em que a troca é mais frequente do que o que acontece em stands tradicionais.

O visitante, portanto, não precisa esperar ser abordado por alguém para iniciar o contato com a marca que está nesse espaço. Com telas sensíveis ao toque, experiências de realidade aumentada e outras dinâmicas imersivas, você tem mais chances de chamar a atenção desse visitante.

Em vez de ter alguém explicando, por exemplo, um novo produto da sua empresa, por que não criar uma dinâmica em que o usuário consegue descobrir sozinho o que muda com uma tecnologia imersiva? O objetivo é se diferenciar e, assim, conseguir um lugar de maior destaque dentro do evento ou feira.

Imagine que uma farmacêutica vai lançar um novo remédio para combater a gripe, certo? Em vez de promoters explicarem os diferenciais do medicamento, você poderia utilizar a realidade aumentada para simular como esse lançamento atua dentro do organismo para dar o alívio ao paciente.

Veja também: O que é metaverso: saiba tudo sobre essa tendência do mundo virtual


Quais tipos de dispositivos inteligentes podem ser conectados?

As opções de tecnologia são cada vez maiores e algumas delas são interessantes para tornar o seu stand interativo:

Telas sensíveis ao toque

Esses dispositivos são fundamentais em stands interativos. Eles permitem que os usuários naveguem por menus, acessem informações e interajam diretamente com o conteúdo.

Realidade Aumentada (AR) e Virtual (VR)

A ideia da realidade aumentada e realidade virtual é oferecer experiências imersivas, permitindo aos visitantes visualizar produtos em 3D ou participar de simulações virtuais. A realidade aumentada pode ser usada para sobrepor informações digitais ao mundo real, enquanto a realidade virtual cria um ambiente completamente imersivo.

Sensores de movimento

Dispositivos, como o Kinect, permitem que os visitantes interajam com o conteúdo sem a necessidade de toque físico, o que pode ser utilizado para jogos, demonstrações de produtos ou experiências imersivas, onde o movimento do corpo do usuário controla a interação.

Sistemas de som direcionais

Essa tecnologia permite que o som seja direcionado a áreas específicas do stand, criando ambientes sonoros únicos sem interferir em outras áreas, o que ajuda a criar experiências mais imersivas e manter o foco do visitante em conteúdos específicos.

Qual é a importância do stand interativo?

Você já sabe o que é um stand interativo e até quais dispositivos inteligentes podem transformar o espaço, certo? Mas ainda é preciso entender quais são os ganhos e benefícios ao investir nessas tecnologias.

Engajamento do cliente em tempo real

A importância dos stands interativos começa com o engajamento do cliente em tempo real. Essa abordagem vai transformar a experiência tradicional de visitação de stands, tornando mais dinâmica e participativa. Assim, eles deixam de ser apenas espectadores, mas parte do processo de apresentação.

Em um espaço em que inúmeras empresas tentam captar a atenção do público no local, isso é um diferencial. A partir de ferramentas como telas sensíveis ao toque, realidade virtual e jogos dinâmicos, os stands interativos oferecem uma experiência personalizada e imersiva.

Essa dinâmica permite aos visitantes explorar produtos e serviços no seu próprio ritmo, de uma maneira muito mais envolvente. Um tipo de interação que aumenta as chances do visitante compreender o que é o produto, mas também desenvolver uma conexão mais forte do que apenas ler algumas informações.

Outro ponto interessante é a possibilidade de entender o que o usuário está achando em tempo real. Afinal, a resposta imediata e a interatividade proporcionam feedback valioso para as empresas, permitindo ajustes ali mesmo para corrigir eventuais erros que estejam prejudicando a experiência.

Ampliação do alcance da marca

Além do engajamento direto, os stands interativos são cruciais para a ampliação do alcance da marca em outras plataformas, especialmente no ambiente online. O visitante não vai apenas interagir com as suas dinâmicas, vai também se tornar um embaixador da sua marca de forma natural.

Imagine aquele exemplo da farmacêutica alguns parágrafos acima, tudo bem? Certamente é uma dinâmica que vai chamar mais a atenção do que se a empresa tivesse apenas exibido um vídeo. Consequentemente, ele vai querer mostrar para mais pessoas e pode, por exemplo, compartilhar nas suas redes sociais.

A partir do momento que isso acontece, se abre uma série de oportunidades para aumentar significativamente a sua visibilidade de marca. Ou seja, toda a exposição dentro daquele evento é ampliada: o alcance da empresa passa a ser todo o ambiente digital também e, o melhor, de maneira orgânica.

Quando isso acontece, as fotos, vídeos e outras menções ao seu stand interativo acabam fortalecendo, por exemplo, o brand awareness da sua empresa. Um trabalho não só amplifica o alcance da mensagem da marca, mas também agrega valor através da autenticidade do conteúdo gerado pelo usuário.

Destaque-se da concorrência

Com todos os elementos que falamos anteriormente, a lógica é muito simples: a sua marca se destaca. Especialmente em setores mais competitivos, o stand interativo pode ser o ponto de partida para a criação de uma campanha muito maior de diferenciação de uma empresa.

Não apenas pelo potencial de compartilhamento no digital, mas principalmente por transmitir a mensagem de que a sua empresa tem um compromisso com a inovação e a experiência do cliente. Isso não apenas atrai a atenção em um ambiente competitivo, mas também estabelece a marca como líder em seu segmento.

E fica ainda melhor: a diferenciação proporcionada por um stand interativo não se limita apenas ao impacto visual e tecnológico, ela também se reflete na maneira como a marca se comunica com seu público. Ao criar dinâmicas diferenciadas, você desperta o interesse natural do público no seu negócio.

Veja também: Live Commerce: o que é e como fazer uma?


Dicas e truques para maximizar o uso do seu stand interativo

Mas se você está pensando em utilizar um stand interativo, quem garante que os seus concorrentes não estão tendo a mesma ideia? Por isso, é importante criar uma estratégia por trás das dinâmicas e tecnologias utilizadas e essas dicas aqui podem ajudar!

Design atraente e funcional

O primeiro passo para maximizar o uso de um stand interativo é investir em um design atraente e funcional. O stand deve ser visualmente apelativo para chamar a atenção do público, mas também deve ser projetado de maneira prática para facilitar a interação.

Uma dica é utilizar cores vibrantes, iluminação inovadora e elementos gráficos impactantes para criar um ambiente convidativo. A funcionalidade é igualmente importante: o layout deve ser intuitivo, com fácil acesso às áreas interativas para que os visitantes se sintam confortáveis.

Tecnologia interativa de ponta

Para realmente se destacar, é essencial incorporar tecnologias interativas de ponta. Opções como realidade aumentada, telas sensíveis ao toque, e jogos interativos não apenas proporcionam uma experiência envolvente, mas também demonstram inovação e modernidade.

Também é importante selecionar essas tecnologias de acordo com o perfil do público-alvo e nos objetivos da marca com o stand. Por exemplo, a realidade aumentada pode ser usada para demonstrar produtos de forma única, já os jogos interativos podem ser utilizados para educar o público de maneira divertida.

Conteúdo personalizado e relevante

O conteúdo apresentado no stand interativo deve ser altamente personalizado e relevante para o público. Ou seja, é preciso entender as necessidades e interesses dos visitantes e adaptar o conteúdo para atendê-los. Por exemplo, se o público-alvo é composto principalmente por profissionais do setor, o conteúdo deve ser mais detalhado.

Da mesma forma, se o público é mais geral, o conteúdo deve ser acessível e de fácil compreensão para quem não sabe tanto sobre o tema apresentado. O conteúdo personalizado não só aumenta o engajamento, mas também melhora a experiência do usuário.

Integração com redes sociais

Lembra que mais acima falamos da possibilidade de ampliar o alcance da sua marca para o digital? Um dos caminhos para fazer isso é investir na integração com as redes sociais. Isso pode ser feito através de hashtags personalizadas, pontos de selfie interativos ou incentivos para postagens nas redes sociais.

Uma estratégia que não só aumenta a visibilidade online da marca, mas também cria conteúdo gerado pelo usuário, que é altamente valorizado pelos consumidores.

Agora que você já entendeu como um stand interativo pode ser importante para o seu negócio, o que acha de dar o próximo passo e se conectar com seus clientes de uma forma inovadora? Conheça as soluções da IOXtream para transformar a experiência da sua empresa no próximo evento!


362 visualizações